I Love Brides

Casamento Lixo Zero

No trash, only love!

O Movimento Lixo Zero ganhou força com a consciencialização da necessidade urgente da adoção de um modo de vida mais sustentável e responsável, de modo a garantir que as gerações futuras também usufruam de uma cadeia produtiva farta.

Para compreendermos o sentido do conceito “Lixo Zero” é preciso, primeiro, questionarmos o seguinte: o que é o lixo? A partir de que momento é que um utilitário perde a sua função e se torna passível de ser descartado?

‘Lixo’ é o nome que damos àquilo que já não pode servir mais como energia produtiva ao ser humano. Isso acontece quando misturamos aquilo que descartamos, inutilizando a matéria e desperdiçando energia produtiva.

A composição do lixo é formada por materiais recicláveis, compostáveis e restos. Os materiais recicláveis são aqueles que podem voltar à cadeia produtiva, após um tratamento adequado. Os compostáveis são os materiais orgânicos, que podem gerar energia por meio da sua decomposição (transformando-se em adubos e fertilizantes). Os restos são os materiais que não possuem nenhuma forma de reutilização, sendo destinados aos aterros sanitários. Assim sendo, o que precisa de ser reduzido são os restos, a matéria que não pode ser reaproveitada de forma sustentável, seja pela contaminação (através da mistura dos materiais), ou pela natureza do próprio material.

Imagem inserida no corpo do post

 

O planeamento de um casamento sustentável deverá, então, considerar o descarte responsável de todos os materiais utilizados no evento. Após o evento, os materiais deverão ter um destino correto, reduzindo, ao máximo, a quantidade de restos, e garantindo a entrega dos materiais recicláveis e orgânicos aos órgãos e serviços competentes.

Os noivos Jankiel e Vanusa Maggioni adotaram a sustentabilidade na celebração do seu casamento. O casal realizou a separação e identificação do lixo, utilizou papel semente e reciclado nos materiais gráficos, enviou os resíduos orgânicos para a compostagem e, com isso, conseguiu que apenas 10% do lixo da festa tivesse como destinado o aterro. Todos os demais materiais foram reaproveitados de alguma forma (ou por meio da reciclagem, ou da compostagem).

 

Imagem inserida no corpo do post

Jess Soper Photography

Imagem inserida no corpo do post

Jess Soper Photography

 

Para nós não faz sentido celebrarmos o nosso amor, termos um momento de extrema felicidade, se não tratarmos o meio ambiente com o mesmo entusiasmo. Para isso, escolhemos tornar a nossa festa o mais sustentável possível – um Casamento Lixo Zero.
– Vanusa Maggioni (noiva).

 

Para os casais que querem repetir este feito, a dica da noiva é a seguinte: refletir sobre o que é tradicionalmente utilizado num casamento, em especial os materiais de uso único. Além dos descartáveis, é importante ficar atento e evitar os materiais que são considerados restos: fitas adesivas, papel químico, celofane, embalagens duplas, entre outros.

 

Imagem inserida no corpo do post

Jess Soper Photography

Imagem inserida no corpo do post

Jess Soper Photography

 

Um casamento sustentável é uma celebração com ainda mais amor, uma vez que marca, não apenas o início do núcleo familiar, mas, também, o princípio de uma vida social e ambientalmente responsável.

 

Natália de Azevedo

- Publicitária, mestre em Instituições e Políticas Públicas, consultora e auditora do Instituto Lixo Zero Brasil.