I Love Brides

Diamante Hope

Diamantes com Estória
No passado dia 6 de Fevereiro, inserido nas comemorações do Dia dos Namorados, a Ourivesaria Tavares inaugurou na Galeria Espaço D'Ouro do seu espaço comercial a exposição "Diamantes com Estórias" onde apresentou a réplica de 9 dos mais famosos diamantes do mundo.

Conheça o diamante Hope.
ilovebrides.pt Diamante Hope Diamantes com Estória ilovebrides.pt Diamante Hope Diamantes com Estória
Hope é o diamante colorido mais famoso  do mundo, pela  sua associação à ideia  de "maldição".
Originalmente, esta pedra das minas de Kollur estava  colocada na estatua da deusa hindu Sita e acreditava-se que tinha um grande poder mfstico.
0 primeiro registo deste diamante remonta a meados do sec. XVII, quando Jean-Baptiste Tavernier, negociante de diamantes francês, o compra na Índia para depois  o vender ao rei Louis XIV de França.
Na corte francesa, o diamante ficou conhecido como o "azul  frances" e estudos recentes indicam que foi lapidado de forma ao seu centro parecer refletir raios solares, em homenagem a Louis XIV, também conhecido por "Rei Sol".
0 seu bisneto Louis XV usava-o no pendente da Ordem do Tosao de Ouro. 0 rei Louis XVI ofereceu-o à sua noiva, Marie Antoinette, por ocasiao  do casamento.
Depois foi roubado durante a Revolução Francesa e reapareceu em 1812 no Reino Unido. Em 1824 foi adquirido por Henry Philip Hope, a quem se deve o nome Hope.
Passou posteriormente para as mãos de um sobrinho até 1901, ano em que foi vendido a um joalheiro londrino. Teve depois vários donos, entre os quais Pierre Cartier, até ser adquirido por Harry Winston, em 1949. Com Winston fez parte de uma coleção privada de diamantes que era exibida ocasionalmente para fins de caridade.
Factos interessantes

Em 1911 o diamante Hope foi comprado a Cartier por Edward Beale Mclean, que o ofereceu à sua esposa Evalyn Walsh Mclean.
Apesar de Evalyn nao acreditar na "maldição" do diamante, teve a vida marcada por uma serie de infortunios: o primeiro filho morreu num acidente de carro, o marido abandonou-a, o negócio de familia faliu, a filha morreu de overdose e um neto perdeu a vida na guerra do Vietname.

Onde se encontra

Em 1958, Harry Winston doou-o ao Institute Smithsonian, em Washington  D.C. (EUA).

Peso

Cor

45,52 quilates

Azul

Lapidação

Origem

Brilhante cushion

Índia

Texto e fotos: Ourivesaria Tavares